Saturday, June 19, 2010

Com todas as cores

Do negro da minha roupa,
Do azul do teu vestido
E do sangue vermelho em nossas veias
Eu me faço teu artista.
Te pinto fera, mulher, sereia.
Brinco com as mais diversas formas.
Sou palavra escrita em teu corpo
Sabendo que assim tu te transformas.
Eu não me importo mais com a
Mas corro pra dentro da tua noite.


Me escondo em teus mistérios
Trabalhando você em luz e sombra.
Te deixo com um toque de menina
Desenhando em seu cabelo uma fita.
E enquanto o sol não se levanta
Para deixar a boa noite aflita
No rosa dos teus lábios
Eu te vejo mais bonita.
Te pinto com todas as cores,
Mas porque não tenho pressa
Ponho em você todos os tons
E não termino a pintura.
Apenas deixo em teu corpo
Minha assinatura com teu batom.

O Vampiro


3 comments:

Whispers said...

Querido Vampiro,

Quando me pintas neste quadro
Com teu olhar de sedução

O pincel são teus lábios
Carnudos,provocantes e sensuais
Que no contorno do meu rosto
Num gole de desejo latente, excitante
Navegado e desejado
Me vais embriagando com a doçura do teu mel
Quando da minha boca passeia,

Acabando em meus seios
Me fazendo enlouquecer de prazer
Neste quadro que és capaz
de me pintar e possuir
Ate a lua ir dormir
E depois já saciados mas não acabados,
deixas como um famoso pintor
As marcas visíveis da paixão.

Mil beijos
Wicca

ઇઉ Nargela Bueno ઇઉ said...

oi gostei bastante do texto viu,muito interessante.estou te seguindo viu,se puder me seguir tbm ou fazer uma visita ficaria grata bj

Suspiros said...

Magnificos textos

Beijo
Suspiros