Wednesday, July 28, 2010

Toque dos teus dedos

Orquestra toca baixinho
Enquanto meus dedos meu corpo percorrem
Estremeço ao toque da minha mão
Soltando-me nas asas da imaginação
Me soa a puro mel
Essa voz que me aquieta

Aguardo de olhos fechados
Pelo toque dos teus dedos aveludados
Onde me dispo de minha roupa e me visto em teu tesão
Me aninhando em teus braços.
Me contorço, devorada pelo prazer que já sinto

Dos orgasmos que despem meu corpo
Num êxtase gemido e selvagem
Minha língua acaricia teu membro
Em toque molhados e exigentes
Tua pele lisa e rosada
Dança em minha boca arrepiada



Olho teus olhos alucinada
Deixando minhas coxas sem pudor nenhum
Escancaram-se totalmente
Pra receber tua língua com tesão e vigor

Meu corpo todo pulsou
Ao receber o toque da tua língua
Enquanto me seduzias
Pedacinho por pedacinho do meu corpo
Vais com tua boca me abrindo

Tuas costas,musculosas eu arranho e mordo
Enroscando teu corpo no meu
Agarro tuas pernas
Apalpo tuas nádegas macias
Penetras meu ventre me acarinhando
Quente molhado a deslizar

Juntos dançamos ao mesmo ritmo
Onde ondas de gozo dentro de mim encarceras
Sinto-me sonhando....Neste toque tão delicado
Meu corpo todo te chama
Em meu castelo do pecado
Wicca


7 comments:

A Palavra Mágica said...

Wicca querida,

Chegarei à meia-noite
Ou talvez meia-noite e meia
E te darei a metade
Da minha garrafa de vinho.
E depois, fazendo carinho,
Meio tontos da bebida
Dançaremos pela sala
Com passos meio flutuantes.
E como amantes que somos
Lentamente iremos pro quarto
E entre lençóis e travesseiros
Eu e você, à meia-luz
Faremos amor por inteiro!

Beijo do Vampiro!

Pistoleiro Corvo said...

E o último beijo molhado
Completado com o amor guardado
Liberta então o último resquício
De um casal apaixonado.

Fantástico e avassalador!
Abraços e bom final de semana!

Laysha Vampira said...

Lindo seu blog.
Convido-te à conhecer o meu também.

Beijos sangrentos da vampira Laysha.

Pensador said...

A orquestra delicada faz a moldura perfeita para este poema tão cheio de paixão, desejo e calor. A espera da Wicca pelo seu vampiro inspira outras esperas, através de longos e tormentosos dias, pela noite enluarada, pela lua cheia idílica que nos faz sonhar, que me faz querer tomar a minha Loba nos braços e, à vista de todos, iluminados pela noite, dançarmos e nos amarmos.

Que esta paixão possa ser sempre duradoura, cada vez mais intensa, cada vez mais inspiradora.
Um grande beijo, meu e do meu amor!

Lou Albergaria said...

Delicioso post!!!

Amei cada verso, cada palavra!

Quanto sentimento de amor, desejo e volúpia!

Lindo demaissss!

Beijos!!!

Lou Albergaria said...

Delicioso post!!!

Amei cada verso, cada palavra!

Quanto sentimento de amor, desejo e volúpia!

Lindo demaissss!

Beijos!!!

A.S. said...

Sobre a pele desnuda,
o desejo expande (uni)versos,
em corpos suados,
encharcando a cama de silabas nuas...


Beijos meus!
AL